quinta-feira, 23/09/2021

Início Destaque ITABELA: POPULAÇÃO RECLAMA FALTA ILUMINAÇÃO PÚBLICA

ITABELA: POPULAÇÃO RECLAMA FALTA ILUMINAÇÃO PÚBLICA

A iluminação pública da cidade de Itabela é alvo constante de insatisfação dos moradores. Tanto as ruas do centro como as dos bairros e distritos do munícipio sofrem com uma intensa escuridão causando medo aos munícipes ao transitar pelas vias públicas da cidade, que vem sofrendo com um alto índice de assaltos a mão armada nos últimos anos.

Ao chegar à cidade temos um “monumento” com os dizeres “EU AMO ITABELA”, mas basta andar alguns metros para perceber a falta de iluminação da cidade, pois a iluminação da BR-101 está completamente abandonada, tendo quase 60% das lâmpadas sem funcionar e postes desalinhados e correndo risco de queda.

Ao adentrar os bairros da cidade a situação chega ser mais grave, ruas completamente esburacadas e escuras dão conta do abandono do gestor em relação a iluminação pública, vale ressaltar que as únicas obras em andamento na cidade são aquelas que são financiadas pelo RECURSO INÉDITO E MILIONÁRIO DO PRECATÓRIO DO FUNDEF, as demais demandas da cidade se encontram em completo abandono e descaso.

A pergunta que fazemos é o seguinte: Onde está sendo investido o recurso das emendas e FPM? Itabela recebeu em 2 anos mais de R$ 160.000.000,00 (cento e sessenta milhões de reais) na somatória dos recursos, e por que a população ainda sofre com problemas que seriam facilmente resolvidos, tais como ILUMINAÇÃO PÚBLICA? Recentemente, o GESTOR MUNICIPAL enviou para a Câmara Municipal um projeto de lei que visa a volta da taxa de iluminação pública que aumentaria a conta de luz para os moradores de 3% a 10% dependendo do consumo de cada habitante.

Com a volta do recesso parlamentar o executivo pressiona vereadores para a votação do projeto de lei da volta da taxa de iluminação pública, porém, enfrenta grande resistência dos parlamentares que são contrários a aprovação desse projeto. Fato é que, em 02 anos de gestão (2017/2018) o governo FRANCISQUETO utilizou dos recursos públicos para a compra de material elétrico a simbólica quantia de R$ 867.107,04 (oitocentos e cento e sete mil e quatro centavos) sendo R$ 500.572,27 no ano de 2017 e R$ 366.534,77 no ano de 2018, segundo o TCM-BA.

Com tanto dinheiro público investido na compra de material elétrico e a cidade ainda continua às escuras, isso é uma comprovação de uma GESTÃO INEFICAZ E INCOMPETENTE que a todo custo tenta esconder da população a real situação da cidade. O que os munícipes se perguntam é de como estaria a cidade senão houvesse o tal precatório, a resposta é muito simples, PARADA NO TEMPO.

Por: Redação / Girobahia

Whatsapp do GIRO BAHIA: (73) 98228-7716                    

Adicione nosso número e envie sua denúncia, relata para nós. Sua Denúncia será apurada pela nossa equipe de repórter. Sua colaboração de cidadania é muito importante.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Publicidade

Curta nossa Página

 

 

Últimas Notícias

PORTO SEGURO NOVO CALENDÁRIO PARA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 DE 23 A 25 DE SEMTEMBRO

JÁ ESCOLHEU O LOOK PARA SAIR BEM NA FOTO 📸? EM TRANCOSO É 1.000 PREPARA O BRAÇO 💪🏽E VEM, VEM VACINAR TAMBÉM! 18 anos ou mais 🗓...

Eunápolis ultrapassa marca de 100 mil doses aplicadas da vacina contra a Covid-19

O município de Eunápolis ultrapassou na terça-feira, dia 21, a marca de 100 mil doses da vacina contra a Covid-19 aplicadas na população. Das 101.352...

Hoje em Porto Seguro Todo trabalho bem-feito dá certo.

Graças ao trabalho conjunto entre a Prefeitura e a comunidade, estamos começando a vencer a Covid: são 22 dias sem óbito pela doença! É o...

OS FRATERNOS DEIXAM OBRA INACABADA REVELA DESPERDÍCIO COM O DINHEIRO PÚBLICO EM EUNÁPOLIS

Obras inacabadas espalhadas pela cidade de Eunápolis revelam o desperdício com dinheiro público por parte de gestões anteriores. Um exemplo disso é uma construção...