segunda-feira, 01/03/2021
Início Cultura A cultura de Itabela sempre se destacou pela descoberta de talentos

A cultura de Itabela sempre se destacou pela descoberta de talentos

Graças aos esforços de artistas locais, atores, diretores, produtores, circenses, que se empenharam em criar e apresentar grandes espetáculos.

A peça “A Paixão de Cristo” é sem dúvida o ápice da cultura itabelense, que se tornou uma tradição e um marco na cultura local. De acordo com Sidivaldo Oliveira, um dos idealizadores e diretor geral da peça, “nosso maior objetivo é mostrar, que através do teatro e da cultura, podemos envolver a população e juntos, construir algo grandioso” explica.

Este ano, por conta da pandemia, o espetáculo assumirá uma nova roupagem, sendo apresentado pela sétima arte. O filme “O Messias” será apresentado em formato de série, através do canal Cine Itabela, no youtube.

De acordo com Jorgley Santana, diretor de elenco, o roteiro da peça está sendo adaptado para o cinema e a produção de cenário e figurino já estão sendo realizadas, “Estamos construindo uma cidade cenográfica na quadra do Colégio Estadual, além disso, no filme contaremos com belíssimas locações externas da nossa região” enfatiza o diretor.

O esforço e a dedicação dos itabelenses, para a realização do filme são ressaltados, para Sidivaldo o filme é resultado de grandes investimentos na cultura, feitos no passado, “o investimento em cultura sempre dá grandes frutos, prova disso, é que maioria dos atores são consequência de escolas de teatro que foram oferecidas anos atrás. Além disso, alguns dos editores são ex-alunos do curso de audiovisual promovido através de uma parceria nossa com o colégio Estadual de Itabela” esclarece Val.

Uma produção como essa de “O Messias” certamente não será barata, quando indagado sobre os quem arcará com as despesas, Val (como é conhecido) expõe que sua paixão pela cultura o fez adquirir, ao longo da vida, a tecnologia para produção, mas revela que todo o processo tem um custo muito maior do que possa arcar.

Para Jorgley, é preciso que haja um apoio maior de toda a população “todos os atores, diretores e produtores são voluntários, entretanto precisamos da contribuição de toda a sociedade, seja ela pública ou civil, porque esse sem dúvida, é um projeto grandioso, que ficará na história da nossa região”.

Segundo a produção do filme, poucos empresários da cidade ajudaram até agora, a Câmara de Vereadores se colocou à disposição do projeto, faltando definir como seria a sua contribuição. A Prefeitura Municipal de Itabela ainda não se manifestou sobre qualquer apoio.

Imagem: camaradeitabela

Por: Redação Girobahia / Beto Muniz

Whatsapp do GIRO BAHIA: (73) 98228-7716. Adicione nosso número e envie sua denúncia, relata para nós. Sua Denúncia será apurada pela nossa equipe de repórter. Sua colaboração de cidadania é muito importante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Publicidade

Curta nossa Página

 

 

Últimas Notícias

Aprovado plano de retomada às aulas, em Eunápolis

A prefeitura de Eunápolis, por meio da secretaria de Educação, (Seduc), obteve, na última quarta-feira, 24, aprovação junto ao Conselho Municipal de Educação (CME)...

Atacante John Kléber rescinde com a Ponte e assina com o Corinthians

O atacante John Kléber, de 21 anos, rescindiu contrato com a Ponte Preta e fechou com o Corinthians por duas temporadas. O jogador já...

Prefeitura reativa escritório da ADAB em Porto Seguro

O município de Porto Seguro contará com um escritório da ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia), que ficará instalado na Secretaria Municipal...

Eunápolis amplia horário do toque de recolher a partir do dia 22, até dia 28, horário é das 20 às 05h

A Prefeitura de Eunápolis decretou novo horário do toque de recolher. Agora, em vez de iniciar às 22h, a ação começa às 20h e...