segunda-feira, 01/03/2021
Início Destaque PREFEITO LUCIANO FRANCISQUETO VALORIZA EMPRESAS DE EUNÁPOLIS E DESPRESTIGIA AS DE ITABELA.

PREFEITO LUCIANO FRANCISQUETO VALORIZA EMPRESAS DE EUNÁPOLIS E DESPRESTIGIA AS DE ITABELA.

O mundo vive uma crise sanitária sem precedentes no último século. Devido a essa pandemia, os governos buscam medidas de proteção da população e ao mesmo tempo proteger a economia. É claro, que tais esforços só resultarão em bons resultados se fizermos um esforço coletivo. Essa proteção a economia, parece que não ficou claro para o atual Prefeito da cidade de Itabela, que não faz nenhuma questão de absorver produtos produzidos pelas fábricas locais ou vendidos pelos comerciantes da cidade.

Fato é que, a Prefeitura Municipal de Itabela fez uma DISPENSA DE LICITAÇÃO no dia 14/04/2020 no valor de R$ 17.160,00 (dezessete mil cento e sessenta reais) na compra de álcool em gel e a EMPRESA CONTRATADA foi H7 COMERCIO E SERVIÇOS EIRELI, cuja a sede fica na Rua Estados Unidos, 338ª, no bairro Santa Rita na Cidade de EUNAPOLIS, mesmo tendo uma fábrica que produz o mesmo item comprado com o preço mais acessível na Cidade de Itabela.

Só a H7 COMERCIO E SERVIÇOS EIRELI durante o mandato do PREFEITO LUCIANO, mesmo tendo sede em EUNAPOLIS, já faturou com os recursos da cidade de Itabela o total de R$ 65.257,00 (sessenta e cinco mil duzentos e cinquenta e sete reais) e não gerou um emprego sequer na cidade de Itabela. Com medidas assim, o PREFEITO DE ITABELA, desprestigia os esforços dos comerciantes e empresários locais na tentativa de manter os empregos nas suas empresas, enfraquece a arrecadação de impostos da cidade e fortalece a da cidade vizinha, e vai totalmente contra aquilo que a Comunicação da Prefeitura pede aos seus nobres munícipes que é adquirir produtos do comércio local. O prefeito Luciano pratica o famoso ditado popular: “Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

Em todo o seu mandato o Prefeitura deu várias demonstrações do desprezo pelos empresários e comerciantes da cidade. Vamos a alguns exemplos: Dos 37 milhões de reais do PRECATÓRIOS DO FUNDEF, restam apenas 2 milhões, e nenhuma empresa que está construindo ou reformaram as escolas municipais, eram de Itabela, ou seja, esse recurso não circulou na cidade, pois até o material de construção consumido pelas obras vieram de outros municípios, ou se concentrou em apenas uma única empresa local, A MARDESOL MATERIAL DE CONSTRUÇÃO.

A empresa que confeccionou os kits escolares distribuídos, assim como o uniforme escolar, era de outro município, mesmo a cidade de Itabela apresentar fábricas e gráficas para o tal serviço. O que realmente ocorre com os comerciantes locais? Serão que são desonestos ou honestos demais? O que eles têm que não agrada a gestão? E senão tem nada contra, por que então desvaloriza o comércio e empresas e valorizam as de outras cidades? Esse tipo de ação não ajuda em nada o desenvolvimento do comércio, da economia local e consequentemente na geração e manutenção de empregos. Se uma empresa local não arrecada, consequentemente termina em demissões de funcionários. Luciano Francisqueto realmente defende os interesses de Itabela e seus munícipes?

Por: Redação Girobahia

Whatsapp do GIRO BAHIA: (73) 98228-7716. Adicione nosso número e envie sua denúncia, relata para nós. Sua Denúncia será apurada pela nossa equipe de repórter. Sua colaboração de cidadania é muito importante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Publicidade

Curta nossa Página

 

 

Últimas Notícias

Atacante John Kléber rescinde com a Ponte e assina com o Corinthians

O atacante John Kléber, de 21 anos, rescindiu contrato com a Ponte Preta e fechou com o Corinthians por duas temporadas. O jogador já...

Prefeitura reativa escritório da ADAB em Porto Seguro

O município de Porto Seguro contará com um escritório da ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia), que ficará instalado na Secretaria Municipal...

Eunápolis amplia horário do toque de recolher a partir do dia 22, até dia 28, horário é das 20 às 05h

A Prefeitura de Eunápolis decretou novo horário do toque de recolher. Agora, em vez de iniciar às 22h, a ação começa às 20h e...

Segurança e organização marcaram o primeiro dia de recadastramento dos servidores da Prefeitura de Eunápolis

Uso obrigatório e contínuo de máscara. Aferição de temperatura. Dispensador de álcool em gel. Desinfecção das cadeiras. Distanciamento mínimo entre pessoas. Tudo sob supervisão...